quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

O tempo passa...

Isso! O tempo passa e lembro que há já algum tempo que não tiro um tempo pra contar meus causos.

O tempo passa....

Passa. E quando olho em volta tudo mudou. "o futuro não é mais como era antigamente", saca? Claro que muita coisa do meu futuro de tempos atrás se realizaram pro bem ou pro mal, enfim, nem tudo acontece da forma que planejamos.
Lembro de quando deitava na areia da praia a noite e olhava o céu estrelado imaginando como seria um dia chegar ao céu...não morto, saca?...chegar ao céu viajando. Confesso que era apenas uma criança -- criança não. Pré-adolescente. Era assim que minha geração de criança queria ser tratada. Éramos cheios de confiança. Queríamos ser adultos.-- mas muitas das coisas que imaginava ali deitado, p'ra não dizer todas, não se realizaram. QUANTA NOVIDADE! Coisa de DESTINO, né? O destino é sábio. Sempre acreditei nisso. Sábio porque funciona como um pedaço de terra onde cada ação do individuo é uma semente, e essa semente quando semeada pode produzir uma bela flor ou uma erva-daninha ou ainda uma flor venenosa, com espinhos.

Costumo dizer que o destino é meu amigo, e tudo que quero ele me consegue. Um dia eu desejei um amor...e o destino me deu.



Um comentário:

Juliana Vasconcelos Rodrigues disse...

Que lindo amor, que orgulho eu tenho de tu!!!
te amo demais.